× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO
Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias
Textos
O povo é que paga
A quarentena, meu irmão, só vale a pena
É o sistema, meu senhor, nosso problema
Agora querem mexer na CLT
Diminuir nossos direitos, ora veja você
A negação do ócio é  a alma do negócio
E transformar o povo em beocio
Sobre as fortunas não há taxação
Somente querem que vivamos só de pão
É a necropolitica que veio anunciar
E novamente o povo preto vai te de pagar
O povo pobre
O favelado
E não o herdeiro ordinário
O bilionário empresário
Nem o advogado e nem o juiz ladrão
É o povo que paga meu irmão


Fla Vinha Valença
Enviado por Fla Vinha Valença em 16/04/2020
Comentários