× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO
Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias
Textos
O Covid Convidô
Sem olhar a quem, fazer o bem


Amanheceu
Entardeceu
Anoiteceu
Talvez ce  seja assim
igual à eu
Talvez a gente desce
Talvez a gente se desse
Mas é o que acontece
é que tudo parou

Eu sei,  tudo vale a pena
Saúde vale mais que Ipanema
Tu sabe
o Capeta que é o problema
A distribuição no sistema

Mas eis, veja bem a questão
O q dessa situação
Que precisa bem mais que o pão
Ta na hora
repartir o bilhão...


o bilhão o trilhão sextilhão

O Covid convidô
Vê se escuta, sim sinhô
Não adianta ter complô
O Covid convidô
O Covid, meu amor
O covid
Seu Dodô
Convidô

A olhar dentro de si,
para aqui, para acolá
para tudo mais que há
Pra suas posses,
pro seus bens,
pro seu mais rico bem
A saúde meu irmão
Vale mais que um quinhão


E não adianta negar
o mundo todo irá mudar
Você  vai ter que arrear a calça...


O covid fala também
Não adianta excluir ninguém

a saúde é mais que um bem
meu bem
Dividir terra também
pra sociedade ir além, neném
Fala pra toda comunidade
Fala logo toda verdade
o Estado deve fazer o bem
sem olhar a quem
O Estado de e fazer o bem
sem olhar a quem
E enganar ninguém
Fla Vinha Valença
Enviado por Fla Vinha Valença em 13/04/2020
Comentários