× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO
Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias
Textos
O peso de ser mulher
Ah nós as mulheres...O peso de ser mulher é o que é.
Por FVL

Quando crianças se imprime na nossa existência a opressão.
O fato de termos uma buceta é “porreta”....

Temos que aprender a lidar:
não pode ficar sem calcinha.Não pode colocar a mão aí. Não deixa ninguém encostar... Não sente em qualquer lugar...

E a medida que se cresce, percebe-se o tamanho da bomba que se tem no meio das pernas...
E do desafio de se ser mulher e existir – que vai muito além da transformação do corpo, de ter que aprender a cobri-lo, a cruzar as pernas, a de ficar de camisa, a ter modos e a fazer mais, muito mais, dentro de uma casa e no mundo.Enquanto os meninos podem optar... fechar ou não as pernas, usar ou não cueca, colocar ou não camisa...

Os homens optam. Às mulheres  o não.

À nós é fadado um modelo escroto de existência. Toma parte de nossa psique: o TER DE SER: SER BONITA, INTELIGENTE, SER IDEPENDENTE, “NÃO ENCALHAR”, NÃO EMBARANGAR, NÃO ESTAR SÓ, ISTO É, ESTAR CASADA! SER SUFICIENTE PARA DAR CONTA DE TANTAS TAREFAS DO EXISTIR E DO CUIDAR.....

Tarefas?Sim, aquelas que ao homem serão sempre opcional.

E isso fica claro como água, quando vem a função do ventre, e depois da maternidade.
Quando tornamo-nos mães cai por baixo o véu da fantasia....
o príncipe encantado impetrado pelos contos de fada e televisão, vira meio um sapo algoz...
e entre nós, no meio das mulheres, o homem será para sempre um privilegiado, pois tem a opção de....
Pode fazer ou não,
pode estar presente ou não,
pode ajudar ou não,
pode ou não ser responsável...
E tudo o que ele fizer, contará como maravilhosos pontos para a sua dignidade e boa fama!!! A final, os homens podem se transformar em ótimos pais – Seja lá o que isso for dentro de quatro paredes, ou mesmo fora dela, no conceito de cada um.... Homens trocando fraldas, lavando louça, mesmo que somente de vez enquanto (dificilmente, sempre), ganham estrelinhas aos olhos do povo...

Mas nós? Os grilhões da sociedade permanecem ativos no julgamento sobre a mãe, que pouquíssimas vezes vai ter a opção de não...

O peso de ser mulher é o que é
Fla Vinha Valença
Enviado por Fla Vinha Valença em 08/03/2020
Comentários