× Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO
Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias
Textos
Um sorriso negro precisando de abraço
No ano em que se foi Dona Ivone Lara, na noite em que essa estrela se apagou... A tristeza se espalhava nas ruas.
Falta sorriso negro de tenra alegria.
O sorriso tornou-se amarelo.

As ruas do centro se esvaziaram rapidamente.
A pobreza se esparramava-se em diversas calçadas. Várias ( dezenas de centenas) ali ficavam para não pagar transporte ( que de público nada tem. - Diga-me aí alguém!?)

O trabalhador fazendo malabares.
E a fome rondado a linda e hipócrita cidade maravilhosa. Os tempos de dureza se assomando.

O sub sub subindo no ar.
Em cada bairro a pobreza a se acumular.
A tristeza
A perda
O medo que se há
A violência cometida
A morte nunca bem vinda

"Negro sem emprego, fica sem sossego, negra é a raiz da liberdade"
E seus corpos se acumulam nos cárceres.
E seus corpos acumulam-se no peso da sobrevida.
Acumulam-se a vida bandida

E falta dignidade
É verdade!
É verdade que assim consentimentos com sistema que incrimina a pobreza
Que penaliza o envelhecer
Que mata mulheres e crianças
Que acaba com o futuro
E torna tenebroso o tempo presente.

O que valemos?
" Em volta do buraco, tudo é beira"

Por isso Fora Temer, Fora Pezão, Fora todos

#FVL
Fla Vinha Valença
Enviado por Fla Vinha Valença em 18/04/2019
Comentários