POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO

Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias

Textos

À Simone Bastos
O dia Clareando  e um filme passando por minha mente...Os pássaros cantando, o céu já começando a ficar violeta, depois lilás, depois rosa, depois azul, até pintar o dourado brilhante, para depois rosear,  alaranjar avermelhar enrubrescer  escurecer anoitecer estrelar adormecer e despertar.... Os pássaros cantando...

É aniversário dela.
Ela que como amiga irmã me trouxe pertencimento em muitos dias de tormento. Abriu sua casa e me acolheu quando o meu teto cedeu.
Aquela por quem você espera que mesmo que vá,  volte.
Uma mulher obstinada... "porreta", " arretada",
militante que só....e da nó.: em pingo d'água,  em laço de fita, em nó de escalada. Aquela que passou comigo grandes momentos de auto conhecimento e vivências dessa longa estrada.

Aquela, que igual à flor Hortência,  curti o frio e a montanha.  Mas se tá  calor tudo bem, a gente samba e bebê bem... " Desce aí una gelada , e por que nao!?" Diria ela com no lábio um batom...

Ela, tão bela.Mas bela que a Cinderela...
Ela, tão ela
Ela, flor bela.
Nela, só nela, encontro um colo cor de canela. Encontro um tanto de mim..Numa história de amor que nunca quero que tenha fim
Flavia Valença Lima
Enviado por Flavia Valença Lima em 14/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (FVL ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras