POETIZANDO pra NÃO ir PIRANDO

Sentimentos, Poesias...Percepções ...São todos os dias

Textos

Cordão umbilical
E corta-se aos treze o cordão umbilical
e esses corte sangra por dentro
como um tremendo - pesar em existir.
Mas a dor do corte também estanca...
Dói só o nó da garganta...
de toda a história de abandono que se foi
Corta.. mas renasce em mim
Hoje vivo o sim pelo sim
Sem aí assim
Somente o do pesar do fim

FVL

#flaviavalencalimapoeta
Flavia Valença Lima
Enviado por Flavia Valença Lima em 29/09/2019
Alterado em 20/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (FVL). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras